Planejamento Estratégico Legal

  1. Início
  2. Planejamento Estratégico Legal

O cenário é outro, tudo diferente. O mercado demanda e exige que os serviços hoje em dia estejam atualizados e cada vez mais especializados.

Os pilares da Gestão Legal utilizada para a profissionalização da Gestão de Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos, normalmente implementadas por Consultorias especializadas são:

  • Estratégia
  • Pessoas
  • Operacional
  • Financeiro
  • Comunicação

A Estratégia é o primeiro deles por um motivo simples, mas para explicá-lo gostaria de alinhar o conceito de Estratégia: aquilo que fazemos agora para alcançar um resultado futuro.

A Estratégia dá direção ao Escritório de Advocacia ou Departamento Jurídico e ela é composta por alguns itens, os quais você pode construir para o seu negócio seguindo como um passo-a-passo abaixo.:

1- Construir a identidade organizacional: visão, missão e valores

2- Diagnosticar e Analisar os ambientes interno e externo do negócio para identificar as suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Em alguns casos, este estudo, que denominamos Análise Estratégica, pode abranger outros tipos de análise. Neste caso, deixo aqui algumas ferramentas de gestão como sugestão: 5 Forças de Porter, Matriz BCG, Curva de Valor, Business Model Canvas (painel de modelo de negócio), Matriz Ansoff, entre várias outras.

3- A partir da análise estratégica, defina quais são as perspectivas do seu Escritório de Advocacia ou Departamento Jurídico. A metodologia do BSC (Balanced Scorecard), utilizada para construção do Planejamento Estratégico, traz um modelo, não uma regra, mas que se encaixa perfeitamente dentro da ótica dos Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos:

  • Financeira
  • Comercial
  • Procedimentos Internos
  • Pessoas

4- Estabelecido as perspectivas, está na hora de construir o Mapa Estratégico, o qual é composto  pelos objetivos, indicadores de desempenho ou key performance indicators (KPI).

5- Construído o Mapa Estratégico, agora deve-se apurar os resultados históricos dos indicadores para servirem de referência para o estabelecimento das metas.

Nos casos dos Departamentos Jurídicos, muitas vezes a própria empresa possa já possuir o seu Planejamento Estratégico já definidos. Neste caso, deve ser realizado o desdobramento do Mapa Estratégico. O objetivo de desdobrar é estabelecer um planejamento estratégico orientado para os objetivos próprios, porém alinhados com os da organização.

Causa e Efeito

Segundo Mateus Oliveira, Consultor especializado em Gestão Legal na empresa EGN Consultoria Empresarial, existe uma relação de Causa e Efeito entre as perspectivas sugeridas: “Precisamos de pessoas motivadas e capacitadas com procedimentos internos eficientes para que me destaque da concorrência para gerar resultados financeiros positivos e com isso, consolidar a Visão de futuro”.

Recursos

Atualmente existem ferramentas próprias para gerenciar o Planejamento Estratégico conforme a metodologia do BSC (Balanced Scorecard). Mateus Oliveira sugere o GEPLANES que é uma plataforma que funciona via Internet (sem necessidade de instalar) ou que pode ser instalada localmente, a qual possui versões gratuita e paga.

Mateus Oliveira
Consultor Empresarial e Coach
CRA-MG 01.051216/D
31 9387-0108 | mateus@consultoriaegn.com.br

cta-presenca-digital

Menu

Não perca nada!

Receba notificações de novos artigos do Juris direto no seu email!

sair
Não perca nada!